‘ARRAIÁ DA CIDADANIA’ COMEÇA EM VOLTA REDONDA COM COMIDAS TÍPICAS DE FESTA JUNINA A R$ 1,99

‘ARRAIÁ DA CIDADANIA’ COMEÇA EM VOLTA REDONDA COM COMIDAS TÍPICAS DE FESTA JUNINA A R$ 1,99

O “Arraiá da Cidadania”, festa solidária promovida pela Prefeitura de Volta Redonda, foi aberto no final da tarde desta quinta-feira, 4, e vai até domingo na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. O total arrecadado com as vendas será revertido paras as 33 entidades beneficentes do município que atuam no evento. As comidas típicas de festa junina, inclusive a tradicional pizza frita, serão vendidas a R$ 1,99, lembrando que os produtos só poderão ser comprados com dinheiro, as barraquinhas não serão equipadas com máquinas de cartão e não vão aceitar pix.

O prefeito Antonio Francisco Neto estava muito feliz e emocionado com o retorno do “Arraiá da Cidadania”. Esta é a oitava edição do evento, a última foi em 2016 e, no ano passado, por conta da pandemia, não foi realizada.

“Essa festa une duas coisas muito boas. Garantimos arrecadação às entidades beneficentes, que tanto ajudam a nossa população, e também diversão e boa comida a custo baixo para todos”, afirmou Neto, pedindo a todos que participem da campanha “Troco Solidário”. “Além de ajudar as instituições, a atitude facilita o trabalho dos voluntários que atuam na festa”, falou o prefeito.

O diretor-presidente do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Volta Redonda, Paulo César de Souza, que coordena a organização do “arraiá”, lembrou que todos os insumos foram doados pela prefeitura para que as entidades transformassem nas guloseimas da festa. Lembrando que a renda conseguida fica para as instituições.

“Estamos trabalhando muito para garantir uma festa bem organizada, com conforto e bom atendimento para todos”, falou PC, informando que haverá duas áreas de caixas para facilitar a compra das fichas, separadamente das barraquinhas de comida.

No cardápio do “Arraiá da Cidadania” estão pizza frita, cachorro quente, salsichão, pipoca, espetinhos, canjiquinha e feijão amigo, além dos doces como mousses, bolos de pote e canjica doce. Os refrigerantes também custam R$ 1,99 e não serão vendidas bebidas alcoólicas na festa. Na sexta-feira, as barraquinhas ficam abertas das 17h às 23h; e no sábado e domingo, das 15h às 23h.

Alessandra Lima, moradora do bairro Roma, estava com o marido Hugo Afonso. Ela foi uma das primeiras a comprar as fichas e a expectativa era experimentar a pizza frita. “Está uma delícia, como sempre. Já estive em várias edições do ‘Arraiá’ e estou muito feliz de estar aqui novamente. E este ano está ainda mais organizado”, disse.

Márcio Aurélio Silva, que mora na Sessenta, saiu do trabalho e passou pela festa para garantir o lanche da família. "O atendimento está super rápido. Esta é uma festa para a família, que bom que voltou. Com tudo a R$ 1,99, não fica pesado para ninguém, todos podem curtir à vontade as opções de comidas típicas e ainda curtir boa música”, falou, se referindo à Banda Municipal, que se apresentou na abertura do evento.

Quadrilhas Juninas também vão se apresentar no fim de semana

A Banda Municipal apresentou repertório composto por sucessos da MPB durante o primeiro dia do “Arraiá da Cidadania”. Na sexta-feira, 5, às 18h, um grupo de quadrilha de Volta Redonda será a atração; e, às 20h, tem forró e sertanejo com Danilo Neves.

No sábado (6), o show cultural fica por conta do grupo junino Dito Peres; e no domingo, 7, terá apresentação do grupo Zé Buscapé. As duas quadrilhas são do município de Angra dos Reis.

Em dia de diversão também dá para cuidar da saúde

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), montou um estande de vacinação para atender o público na Praça Brasil. A vacina contra Covid-19 está disponível para pessoas a partir dos três anos, e contra gripe (Influenza), todas as idades podem vacinar.

Fotos de Cris Oliveira – Secom/PMVR.